22 de Julho de 2017
Departamento de Tecnologia da Informação da Unifesp apresenta Plano Intermediário de Governança em TI
Na manhã desta quinta-feira, 2 de dezembro, integrantes do DTI apresentaram ao reitor Walter Manna Albertoni o Plano de Profissionalização das Áreas de TI e Negócios da Unifesp para os próximos quatro anos.
Estavam presentes nesta reunião, o superintendente do Hospital São Paulo, José Roberto Ferraro; o chefe de Gabinete, Manuel Girão; diretor da Secretaria de Planejamento da Unifesp, Sergio Draibe; Eduardo Pereira Marques, assessor técnico do Departamento de Tecnologia de Informação (DTI) e membros do Comitê Estratégico de Tecnologia da Informação (CETI) da instituição, que tem como presidente o vice-reitor Ricardo Smith e coordenadora executiva Heimar de Fátima Marin.

O plano adota metodologias e práticas de governança na área de TI, seguindo as recomendações do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e do Tribunal de Contas da União (TCU), com o objetivo de alinhar a TI com os negócios geridos dentro da instituição. O trabalho desenvolvido pelos profissionais do departamento também pretende fazer com que a Unifesp passe do nível inicial para o intermediário de governança de TI, além de aperfeiçoar os diversos recursos nesta área.

Ivan Torres Pisa, diretor do DTI e membro do CETI, explicou que, nos sete meses de estudos para o diagnóstico atual do setor, foram mapeados 180 pontos problemáticos que afetam diretamente todo o gerenciamento da Universidade. Vinte e dois deles, entretanto, são apontados como críticos.

Durante esse período, foi possível estabelecer algumas mudanças de cultura e processos internos, segundo Pisa. “Estamos trabalhando no limite estrutural em TI, inclusive com relação a recursos humanos, os quais trabalham atualmente em uma convivência amigável entre servidores e celetistas”, afirma. “Não temos mais como adiar esse investimento, além de precisarmos colocar em prática algumas ações emergenciais para amenizar parte do panorama atual”.

Entre as medidas emergenciais apresentadas na reunião, o grupo de trabalho estima não apenas o investimento de capital e recursos humanos nos próximos quatro anos, como também a implementação de um Núcleo de TI e Negócios, ligado diretamente a Reitoria, com centralização dos recursos de TI das pró-reitorias e dos campi da Unifesp.

De acordo com o reitor, o plano apresentado foi muito bem elaborado e necessário num momento de transição importante e difícil como o que a Unifesp está vivendo. “É preciso adequar o sistema de forma que haja a integração dos setores administrativos e a gestão acadêmica para garantir a continuidade dos processos internos e de toda a infraestrutura da instituição”, afirmou Albertoni. “Mas, acima de tudo, essa adequação na área de TI é fundamental para que todos os processos burocráticos se mostrem os mais transparentes possíveis”.
03/12/2010 14:47
Copyright ©2006-2013 - Departamento de Comunicação Institucional - Universidade Federal de São Paulo
Rua Sena Madureira, 1500 - 4º andar CEP 04021-001 - Tel.: (11) 3385-4116